Bemvindo!


Os primeiros contactos entre Cabo Verde e Steiermark aconteceram em Setembro de 1981, numa conferência em Amsterdão, promovido pelos representantes do Governo Caboverdiano. Os primeiros representantes austríacos foram o Dr. Heinz Grabler, do Serviço de Informações para a Política de Desenvolvimento e o Sr. Mag. Wolfgang Pumpernig, nesse tempo director da repartição para a Política de Desenvolvimento do Governo de Steiermark.

 

Os primeiros contactos iniciaram primeiramente com a construção de uma instalação de bio-gás na quinta do estado Justino Lopes através do DI Foidl, um Steirer. Depois da intensificação da cooperação de desenvolvimento entre Áustria e Cabo Verde, o Delegado do Governo de Santa Cruz, o Sr. Adelino Sousa compartilhou junto do DI Foidl, o desejo de estabelecer com Pedra Badejo uma parceira de amizade no Steiermark. O DI Foidl entrou em contacto com o Mag. Pumpernig com o intuito de discutir esse tema. O então Presidente da Câmara da cidade de Leibnitz, Ing. Hans Stoisser, mostrou-se muito interessado e colocaram-se ideias sobre uma possível forma de trabalho entre Pedra Badejo e Leibnitz.

 

Em Dezembro de 1982, o filho do Ing. Stoisser, o economista Hans Georg, visitou Pedra Badejo, para fazer um levantamento de possíveis projectos. Em conversação com o Delegado do Governo de Santa Cruz, redigiu-se um conceito base para um possível acordo para uma amizade.

No dia 3 de Maio de 1983, criou-se a “Associação de Amizade Pedra Badejo – Leibnitz” em Leibnitz. Como Presidente foi eleito o Ing. Stoisser. O ponto principal do projecto baseava-se na promoção de pequenas empresas, para diminuir a taxa de emigração.

O lema intitulou-se:  Ajuda para Auto-ajuda - Hilfe zur Selbsthilfe.

Verein Städtefreundschaft Pedra Badejo-Leibnitz